Para falar sobre “Tecnologia e Democracia: O governo nu”, Rodrigo Constantino e Raul Velloso comentaram a força das informações divulgadas na internet e a importância de um governo transparente. O debate fez parte do 4º Painel do XXIV Fórum da Liberdade.

Rodrigo Constantino abriu o painel, realizado no dia 12 de abril, ressaltando a oportunidade de opinião que a internet proporciona. “A cibermudança favorece os oprimidos e não os opressores”, disse. Mesmo assim, o palestrante explicou que as redes sociais não vão dar fuzis para as pessoas enfrentarem governos.

Para ele,  é necessário saber dosar a intensidade das opiniões. “Ter (opiniões) demais significa ter de menos”, disse. Constantino condenou a falta de pensamento crítico em geral na Internet.  Segundo o convidado do Fórum,  os internautas têm informações e conhecimento rasos.

 

Economistas Rodrigo Constantino e Raul Velloso

Constantino alertou também que “enquanto a internet ajudou a baixar os preços de quase tudo que consumimos, existe um preço que está em alta, a estupidez humana”. Relacionou a nova onda da web a um "efeito complacência’’, no qual os internautas compartilham ideias em sua página do Facebook, mas, na vida real, não praticam nenhum ideal.

Já Raul Velloso salientou em sua palestra a importância de um governo transparente. “O mesmo governo que mente dá a informação dizendo que mentiu”, relatou. Para provar sua teste mostrou dados (com números conflitantes entre si) retirados do site do Ministério da Fazenda. Ele finalizou declarando que considera a transparência de um governo como algo fundamental em uma sociedade democrática.

Velloso também falou sobre o Siga Brasil. É um sistema de informações sobre as leis orçamentárias que reúne diversas bases de dados e as coloca à disposição da sociedade para acesso direto e facilitado.

Topo