Repórter da Revista Piauí, Bernardo Esteves, encerrou o terceiro dia da 5ª Semana do Jornalista abordando o tema Jornalismo Narrativo em Revista.

Esteves debateu sobre jornalismo de revista, especialmente a Piauí, relatando as principais matérias já publicadas e contando suas histórias. Comentou também que a qualidade do jornalismo da Piauí se deve às possibilidades que são ofertadas ao jornalista de viajar, ir atrás das fontes e conhecê-las melhor. “Nem toda reportagem grande é uma grande reportagem” afirmou Bernardo devido ao fato de que a Piauí preza por matérias longas, porém, todas com uma estratégia narrativa. “É como produzir um longa metragem”, comparou.

Ele afirmou ainda que boas reportagens não precisam necessariamente tratar de notícias “quentes”, mas sim, de aprofundar em um tema já conhecido, apresentando novos dados. “A Piauí procura ser uma revista com boas histórias”, comentou.  

Comentando sobre ciência, sua especialidade, o jornalista mostrou suas matérias publicadas na revista e afirma que é possível falar de ciência envolvendo diversos temas, como política, por exemplo. “A gente está vivendo em um momento muito privilegiado de quebra de paradigmas”, declarou Esteves.

O jornalista comentou ainda sobre a repercussão da revista no mercado. “Não sinto que as pessoas comprem a Piauí para se informar, você compra para te dar contexto. É uma revista de boas histórias, pra cultivar o prazer da leitura, e claro, com todas as funções do jornalismo, falar dos grandes temas, mas contando-os do nosso jeito, fazendo o contato direto com as fontes.“, destacou.

Jornalista especializado em ciência, Bernardo tem 15 anos de experiência. Foi editor do site Ciência Hoje Online, repórter da Superinteressante e colaborou com publicações de divulgação no Brasil, França, Reino Unido e Estados Unidos. Também foi finalista do Prêmio Esso de Jornalismo em 2014, e desde 2010, trabalha como repórter da revista Piauí.

Confira a reportagem da HubNews

Topo