A palestra Blog, post pago e profissionalização ocorreu no sábado, 18 de agosto, no palco Da Ora Hub, na ESPM-Sul. Os palestrantes foram Carol Andrei, Diogo Carvalho, Danilo Miranda, Cid e Guadalupe Albuquerque.

O sócio e Diretor de Conteúdo da Preza, Danilo Miranda, iniciou a apresentação explicando como deve se fazer uma propaganda aliada ao post. Algumas vezes as empresas que decidem publicar seu conteúdo nos blogs para divulgação já oferecem um texto pronto, porém os palestrantes avisam que é um formato muito convencional. “Para vender o post depende do público. É preciso colocar sua cara, não pode ser CTRL C + CTRL V”, explicou.  

Para a CEO da Babushka Brand Entertainment, Carol Andreis, essa justificativa é utilizada para atingir o público alvo. Os canais do youtube são veículos muito utilizados para essa estratégia. “O mais importante é saber em que canal apostar, mesmo que signifique um canal menor, com público específico”, comentou.

Um ponto abordado na palestra foi a relação entre empresas, blogueiros e vlogueiros. Em  muitos casos surge à intenção de divulgar seus produtos em sites que não atingem o devido público. Esse é um dos modos que as pessoas que atuam na internet utilizam para levar seus trabalhos para o mundo devido ao retorno financeiro que recebem de seus patrocinadores.

Para os palestrantes, os blogueiros precisam saber administrar a relação com os anunciantes/Foto: Carolina Hickmann

A relação do blogueiro com os internautas é muito próxima, pois a interatividade é o que move o conteúdo e por isso é muito importante buscar material original. “Tem que focar onde as pessoas entendem e se interessam ao invés de generalizar”, ressaltou o co-fundador do Destemperados, Diogo Carvalho. O blogueiro tem que ter uma visão de empreendedorismo, para que saiba organizar de forma adequada suas postagens e saber administrar a relação com os anunciantes.

Para o palestrante Danilo Miranda, existe uma diferença de post pago e não. ”Se for um post ruim e não pago ninguém vai reclamar, mas se for um post ruim pago todos reclamam”, declarou.

Topo