Com o tema “Instigar o pensamento crítico e redefinir o museu: Premissas curatoriais no museu de Antioquia”, a Curadora Chefe do Museu de Antioquia, na Colômbia, Nydia Gutierrez, irá ministrar uma palestra no Memorial do Rio Grande do Sul, sábado, dia 5, a partir das 18h30 min.

No evento, Nydia pretende mostrar o papel do curador como investigador que organiza um conjunto de objetos de vários sentidos em um espaço museológico destinado a ampliar as perspectivas discursivas em questão. Além disso, a convidada apresentará especificidades do trabalho contemporâneo desenvolvido no Museu de Antioquia nos últimos 4 anos.

 E para encerrar as atividades da Escola Experimental de Curadoria em ArtEducação, a 10ª Bienal do Mercosul promove um encontro entre artistas gaúchos participantes desta edição da mostra. O bate-papo acontece domingo, 6 de dezembro, às 11 h, no espaço do Programa Educativo no Centro Cultural CEEE Erico Veríssimo.  O evento já tem presença confirmada de artistas como Marcelo Armani, Beatriz Dagnese, Wilson Cavalcante, Ana Flores, Ana Norogrando e Rommulo Vieira Conceição.


Crédito: Divulgação

Para o Curador-Chefe Gaudêncio Fidelis, é importante ressaltar que as obras desses artistas foram escolhidas por sua contribuição específica à plataforma curatorial da 10ª Bienal. “Nunca é demais enfatizar que a participação desses artistas na 10ª Bienal do Mercosul é, antes de tudo, pela importância de suas produções artísticas”, diz o curador.  Segundo Ariela Dedigo, Coordenadora de Imprensa da Bienal, a edição deste ano está entre as com maior número de artistas nascidos ou que trabalham no Estado, um total de 31.

O bate-papo com os artistas é gratuito e aberto ao público em geral.  Ao todo, estão sendo promovidas aproximadamente 40 atividades entre palestras, workshops, performances e seminários relacionados a temas curatoriais desde o dia 24 de outubro.

 

Topo