A 10ª Bienal do Mercosul se encerra neste final de semana, mas ainda dá tempo para acompanhar algumas atividades. Na sexta-feira, 4/12, a artista Analívia Cordeiro estará às 17h30, na Sala Roni Leal da Usina do Gasômetro para ministrar o workshop Notação do movimento – Da dança por computador à Nota-Anna: teoria e prática. Segundo a artista, o movimento que orienta esta atividade trata-se de uma técnica para gravar no papel, vídeo ou computador a movimentação das pessoas.

“Este tipo de sistema é utilizado para codificar, pesquisar e compor movimentos, permitindo que o leitor possa ler e reconstruir qualquer movimento do corpo”, conta. O encontro abordará o método Laban, que é a base para a preparação das notações de movimento do corpo, abrangendo as áreas de computação gráfica e comunicação não verbal.



Uma das obras de Analivia Cordeiro aborda índios

O encontro, que faz parte das ações da Escola Experimental de Curadoria em ArtEducação, é aberto para todos os públicos.

Escola Experimental de Curadoria em ArtEducação

A Escola Experimental de Curadoria em ArtEducação foi lançada em 26 de outubro na 10ª Bienal da Mercosul com o objetivo de fazer uma reflexão sobre as práticas curatoriais. Ao longo de toda a Bienal, a escola trouxe aulas abertas ao público, oficinas, palestras, conferências e workshops ministrados por artistas, curadores e profissionais de instituições culturais nacionais e estrangeiras. A curadora francesa Estelle Naybert, o escritor Luis Augusto Fischer e o artista Alvaro Barros foram alguns dos profissionais que participaram das ações da escola.

Topo