A semana da sexta edição do Open ESPM encerrou com a palestra do diplomata e ex-Ministro da Cultura, Marcelo Calero. O tema da palestra foi “Projetos Culturais Nas Grandes Corporações e a Crise Mundial”. A palestra ocorreu no auditório do prédio B.

O palestrante destacou a importância da cultura para um país e para um povo. “A cultura não é algo trivial, exótico. A cultura se trata da nossa nacionalidade. Está intrínseco a nós como povo e com a nossa experiência civilizatória do Brasil”. Calero ressaltou a força da cultura na economia. “Não necessariamente a cultura tem uma demanda, um viés ou uma necessidade comercial, mas ela apresenta, necessariamente, elementos econômicos envolvidos no processo. Quando se produz cultura, são acionadas cadeias econômicas onde as manifestações ocorrem, o que movimenta economias locais”.

Calero falou sobre a importância que o período como Ministro teve para sua carreira: “Pude ter um pouco da noção da imensidão que é a cultura nacional. Ter acesso privilegiado a esta diversidade da cultura nacional e suas diferentes manifestações foi uma honra”.

O estudante de Relações Internacionais, Tiago Nogueira, ficou impressionado com o conhecimento de Calero.“A bagagem cultural que ele tem e que foi compartilhada conosco foi o aspecto mais interessante da palestra. Ele tem uma experiência muito grande na área e é ótimo poder sentir um pouco de cada setor que ele já atuou”.

Confira a reportagem:
Topo