Inicia neste sábado, dia 21 de maio, no Espaço Cultural da ESPM-Sul, a exposição "A fotografia como corpo perfomatizado". 

A mostra expõe fotografias de 14 artistas, com trabalhos de artistas consagrados e até estudantes de fotografia, como: Carla Borba, Chana de Moura, Claudia Paim, Clóvis Dariano, Danny Bittencourt, Elaine Tedesco, Elcio Rossini, Giordana Winckler, Laura Ribeiro, Liana Keller, Ana Candida de Lima, Natalia Schull, Silvia Giordani e Stephanny Lotus.

 

Segundo a curadora da exposição Niura Legramante, as fotografias que estão expostas no Espaço Cultural têm como premissa se manter distante do padrão habitual da fotografia, ou seja, que não documente apenas o mundo real. Além disso, para Niura, a exposição traz o conceito de fazer a imagem como um gesto, ou seja, sem a intenção de transmitir uma mensagem, e sim, um sentido.

A curadora falou sobre os desafios de se manter distante da fotografia tradicional. "Não é uma foto pousada. O olhar não enfrenta a câmera, a intenção é fazer o fotografado atuar na frente da câmera, insinuando expressões corporais, como se a câmera não estivesse ali para registrar.”

O diretor do Espaço Cultural da ESPM-Sul, Richard John, destacou a importância de ter um local que receba exposições como “A fotografia como corpo performatizado”. Para ele, o Espaço Cultural é um espaço de reflexão e de autoconhecimento. “Uma exposição como essa traz o questionamento de tempo e espaço do corpo humano.”

Topo